Logo | MedGuideXP

Alvo de pressão arterial no Acidente Vascular Cerebral | Parte II

Fator de risco modificável mais importante para a ocorrência do acidente vascular encefálico (AVC).

AVC-I:

Não candidatos a trombólise: a PA deve ser reduzida somente quando a PAS for > 220 mmHg ou a PAD > 120 mmHg. Caso a PAS ultrapasse este limite a redução nas primeiras 24 horas não deve exceder 15% dos valores iniciais.

Candidatos à trombólise (química ou mecânica): O uso de trombolítico implica na necessidade de um controle rigoroso da pressão arterial, pois o risco de hemorragia cerebral correlaciona-se com os níveis pressóricos. A principal meta de PA antes de iniciar o tPA (alteplase) é < 185/110 mmHg, e a PA de manutenção após a administração de tPA é < 180/105 mmHg.

Os mesmos alvos de PA e janelas de tempo são usados ​​para administração de fibrinólise intra-arterial ou trombectomia mecânica. Estudos mostram que reduzir a PA > 10/15% e/ou PA média < 85 mmHg e/ou PAS < 140 mmHg estão associados com pior prognóstico.

Após iniciar o tratamento: monitorar a PA a cada 15 minutos nas primeiras 2 horas/ a cada 30 minutos nas próximas 6 horas/a cada 60 minutos até completar 24 horas. O uso de anti-hipertensivos intravenosos monitoriza-se a cada 15 minutos durante as primeiras 24 horas.

AVC-H:

Hemorragia intraparenquimatosa (HIP): O controle pressórico é essencial para impedir a expansão do hematoma. O principal fator para definir o alvo é a própria PA Sistólica (PAS) do paciente. 

PAS 150-220 mmHg:  alvo de PAS em torno de 140 mmHg;

PAS >220 mmHg: seu alvo de PAS é de 140 a 160 mmHg.

Esse alvo deve ser atingido de 1 a 2 horas do início do anti-hipertensivo, por meio de droga endovenosa. Não há benefício em reduzir a PA abaixo de 140 mmHg.  Deve-se avaliar contra indicações à redução da PA, especialmente HIP volumoso e hipertensão intracraniana grave. Não há alvo pré-definido e cada caso deve ser avaliado individualmente.

Hemorragia subaracnoide (HSA): O manejo pressórico visa reduzir o risco de ressangramento, causa importante de óbito e que costuma ocorrer nos primeiros dias, especialmente nas primeiras 6 horas. Deve ser feita com droga endovenosa, visando atingir PAS < 160 mmHg e ao mesmo tempo evitando hipotensão. 

Em resumo:

Tabela 01- Alvo da Pressão arterial no AVC

Pressão arterialObservação:
AVCi sem trombólisePAS/PAD (mmHg): < 220 /<120
AVCi com trombóliseAntes de iniciar o tPA:Durante e após o Tpa:PAS/PAD (mmHg):<185 / <110<180 / <105Não há benefício em reduzir a PA abaixo de 140 mmHg
HIPSe PAS 150-220 mmHg:Se PAS> 220mmhg:
PAS em torno de 140 mmHgPAS em torno de 140-160 mmhg
A redução nas primeiras 24 horas não deve exceder 15% dos valores iniciais
HSAPAS< 140 mmhg

Fonte: adaptada da Diretriz SBDVC- AVC isquêmico e Hemorrágico


Post elaborado por:

Dr Yuri | MedGuideXP

DR. YURI ALBUQUERQUE

Médico formado pela Universidade Gama Filho no Rio de Janeiro, com residências em clínica médica pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2015-2017), ano complementar em clínica médica (R3) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2017-2018) e Terapia Intensiva pela Universidade de São Paulo (2018-2020).
Leia mais

Colaboração acadêmica

Juliana Dantas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Direitos reservados MedGuideXP - Desenvolvido por Surya MKT
Site atualizado em:
10:01 | 12/07/2024
Entre em contato