Logo | MedGuideXP

“O paciente está suprando!" Parte II

➔ Porém também sabemos que…

  • Paradigma OMI/NOMI é uma saída para atual dependência do critério do supra para o
    tratamento imediato, abrangendo mais pacientes que se beneficiariam da intervenção rápida,
    bem como afastando aqueles em que o benefício é mínimo;
  • Paradigma atual não tem boa sensibilidade, perdendo 1/3 dos infartos oclusivos que se
    beneficiariam;
  • Vários padrões de ECG mostraram correlação com o infarto oclusivo e precisam ser
    considerados na prática médica!
  • O DIFFOCULT Trial (2020) foi um dos trabalhos que tornou evidente a necessidade de mudança
    de paradigmas. Mostrou melhora da mortalidade a longo prazo e tem melhor sensibilidade
    quando comparado ao atual.
  • Ficou intrigado? Acesse o manifesto do Dr. Smith para melhor entendimento!
  • Para recomendações de como utilizar a proposta do OMI/NOMI na prática, também
    recomendamos o livro-texto do Dr. Smith "The ECG in the MI - An evidenced based manual of
    reperfusion therapy", disponibilizado gratuitamente no seu blog "Dr. Smith's ECG Blog

Post elaborado por:

Dr Luciano | MedGuideXP

DR. LUCIANO AZEVEDO

Médico formado pela Universidade Federal da Paraíba, com residência médica em medicina interna e medicina intensiva pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (1999). Doutor em ciências médicas pela Faculdade de Medicina da USP (2004).
Leia mais

Colaboração acadêmica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Direitos reservados MedGuideXP - Desenvolvido por Surya MKT
Site atualizado em:
10:01 | 12/07/2024
Entre em contato